Notícias

17 de novembro de 2017

Como curar a minha dor de cabeça?

Você é daqueles que a qualquer sinal de uma possível dor de cabeça já toma um analgésico qualquer para se livrar desse mal? Muito bem, as chances desse comprimido resolver o seu problema no momento são boas, mas eles também podem agravar. O mais indicado é procurar um especialista para prescrever o melhor tratamento para o seu caso.
Como descobrir qual especialista procurar? Bom, primeiro você precisa entender o seu tipo de dor.

Como saber qual é a sua “dor de cabeça”?

Muita gente acha que a dor de cabeça acontece no cérebro, mas isso não é sempre verdade. A dor pode estar vindo de qualquer parte da cabeça, como da pele, dos músculos, das veias, dos dentes e das terminações nervosas.
Uma boa maneira de descobrir onde está a dor e o que pode estar causando-a é ficar de olho nas características dela: a intensidade, o tipo de dor, a área mais afetada, a frequência, a duração etc. Para ter certeza, procure um especialista para que ele possa caracterizar bem o quadro.

Dor por tensão

Mulher com as mãos no rosto | Como curar a minha dor de cabeça?As dores de cabeça, por conta de uma tensão nos músculos, é o tipo mais comum causada por estresse, cansaço ou por um mau jeito na hora de dormir ou levantar um objeto pesado. A intensidade da dor pode variar, mas normalmente ela acontece na testa ou na região nasal. Para melhorar, você pode tentar alongamentos, yoga, acupuntura, massagens, ou ter uma boa noite de sono.

 

 

 

Sinusite

A sinusite é capaz de causar uma forte dor de cabeça, sentida na região nasal e entre os olhos, acompanhada de coriza. O que você deve tratar, nesse caso, é a sinusite e não a dor de cabeça em si, que é apenas um sintoma.

Enxaqueca

Mulher com enxaqueca com as mão na cabeça | Como curar a minha dor de cabeça?A temida enxaqueca é muito confundida com as condições anteriores, mas seus sintomas podem ser bem mais fortes. A enxaqueca é uma condição neurológica, que causa uma dor forte em qualquer lado da cabeça e que pode ser agravada por luzes e barulhos fortes, e ser acompanhada de náuseas e vômitos.

A causa varia de paciente para paciente, mas as principais delas são desequilíbrio hormonal e uma reação negativa a um determinado produto usado ou consumido. Um analgésico pode diminuir a dor momentaneamente, mas o uso abusivo de analgésicos (mais de dois por semana) pode aumentar a frequência e a intensidade dos episódios. É imprescindível a visita a um especialista.

Cefaleia em salvas

Esse é um tipo de dor de cabeça bem raro e muitas pessoas ainda confundem com a enxaqueca. Entretanto, os sintomas aqui são bem diferentes: dor forte em um lado da cabeça, olho lacrimejando e semiaberto, congestão nasal e transpiração facial. Enjoos e sensibilidade à luz ou barulhos não fazem parte dos sintomas.

Uma crise de cefaleia dura entre 30 minutos e duas horas diariamente em períodos que podem chegar a semanas. Não se sabe as causas específicas dessa doença, mas é perceptível que uma vida mais saudável, com uma dieta balanceada, exercícios físicos e sem o consumo de álcool e cigarro melhoram consideravelmente os sintomas.

Homem levantando os óculos por conta de dores na cabeça | Como curar a minha dor de cabeça?

Astenotopia

A principal causa desse tipo de dor é o esforço para enxergar, por isso ela é mais frequente em pessoas a partir dos 40 e em jovens com problemas de visão. A dor acontece na parte frontal da cabeça e, principalmente, nas têmporas, e pode ser medicada com analgésicos, mas o mais indicado é uma visita a um oftalmologista.

DTM

A DTM também é sentida principalmente nas têmporas, mas nesse caso ela é causada por problemas na articulação temporomandibular. Pode ser tratada com analgésicos, contudo é indicada a visita a um dentista, de preferência especializado em cirurgia bucomaxilofical.

Qual o tratamento?

O tratamento sempre vai depender do tipo de dor e o que está causando-a. Os medicamentos podem ajudar a diminuir, mas não farão ela desaparecer. É necessário se consultar com o especialista certo para descobrir o melhor tratamento.
É importante lembrar que “deixar a consulta para depois” pode agravar ainda mais os problemas, porque o abuso de analgésicos pode fazê-los voltar mais fortes e resistentes.

Dores frequentes há mais de 3 meses

A Proattiva, clínica médica no Meier, conta com O Centro de tratamento da Dor, um departamento especializado no diagnóstico e tratamento de dores crônicas.Ninguém merece viver com dor. Dê o primeiro passo em direção a uma vida mais saudável, agende a sua consulta. Procure um especialista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *