Psiquiatria

Diferente da psicologia, a psiquiatria é uma especialidade médica, ou seja, para se tornar um psiquiatra é preciso se graduar em medicina e depois realizar a especialização em psiquiatria.

Ao contrário do que o senso comum acredita, a especialidade não é uma versão mais científica e aplicada da psicologia. A psiquiatria lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação de diferentes formas de transtornos mentais. Para tratar essas doenças mentais, a psiquiatria pode ou não prescrever remédios aos seus pacientes, algo que psicólogos, que trabalham com o comportamento humano e com a análise de emoções, ideias e valores, não podem.

Quando procurar um psiquiatra?

Como a especialidade trata de doenças mentais, essa é uma pergunta difícil de ser respondida. O mais comum é que um outro médico encaminhe o paciente a um psiquiatra, mas devido ao estigma que isso carrega, muitas pessoas evitam se consultar com um, porém, é importante ressaltar que doenças mentais exigem o mesmo tratamento que uma doença física, e um psiquiatra pode ajudar muito nesses casos.

A melhor sugestão é ficar atento ao emocional. Caso você se sinta angustiado constantemente, sem encontrar uma solução para seus problemas emocionais ou sentir alterações graves em seu comportamento, é aconselhável uma visita a um psiquiatra. A inciativa pode ser tanto do paciente, quanto de seus familiares e amigos, então preste atenção nas pessoas que você ama.

Principais casos tratados por um psiquiatra

A principal meta do tratamento psiquiátrico é o bem-estar psíquico, então qualquer situação que esteja incomodando o seu bem-estar deve te levar a se consultar com um psiquiatra. A avaliação de um profissional envolve tanto o exame do estado mental como a história clínica psiquiátrica do paciente, além do estado clínico geral, já que muitas doenças podem ter causas hormonais, problemas neurológicos etc. Entre as principais doenças tratadas por um
psiquiatra, estão:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Transtorno Bipolar;
  • Esquizofrenia;
  • Transtornos Obsessivos Compulsivos (TOC);
  • Síndrome do Pânico;
  • Fobias.