Eletrocardiograma

Como o próprio nome já diz, o eletrocardiograma avalia eletricamente a atividade cardíaca, resultando em gráficos que podem indicar o estado do órgão e diagnosticar desde condições de nascença até outras mais graves, como disritmias. Deve ser realizado periodicamente a partir dos 40 anos, porque a partir dele podem ser solicitados exames mais específicos para avaliar o coração.

Como é o exame?

O exame é realizado com um aparelho chamado eletrocardiógrafo, que registra as alterações do potencial elétrico do corpo.

O médico coloca alguns eletrodos nos braços, pernas e tórax do paciente para captar os estímulos elétricos do coração e as repercussões a distância deles. O eletrocardiógrafo começa a registrar o resultado do exame, que é analisado pelo cardiologista depois.

Preparação

A pele do paciente precisa estar bem limpa e seca para uma boa fixação dos eletrodos, por isso, caso você possua muitos pelos, é melhor ir com a área depilada.